RECOMENDAÇÕES DE SEGURANÇA EM PISCINA

APENAS 5 ATITUDES e você vacina sua piscina contra afogamentos.
1. Atenção 100% no seu filho(a) a distância de um braço mesmo na presença de um guarda-vidas.Leve sempre sua criança consigo, caso necessite afastar-se da piscina.
2. Guarda-vidas certificado por entidade reconhecida para cada piscina devidamente equipado com seu flutuador de resgate ou um professor de natação com treinamento em emergências aquáticas durante o horário de aula. (Não se aplica a piscinas residenciais)
3. Urgência – Aprenda como agir em emergências aquáticas. O uso de cilindro de oxigênio é restrito ao guarda-vidas e deve estar em local visível e a disposição na área da piscina.
4. Acesso restrito a(s) piscina(s) com uso de grades ou cercas transparentes com portões autotravantes a uma altura que impeça crianças de entrar no recinto da piscina sem um adulto.
5. Sucção de cabelo e partes do corpo deve ser evitado com uso de ralo(s) anti-aprisionamento e precauções de desligamento automático ou manual do funcionamento da bomba durante o uso da piscina.

RECOMENDAÇÕES DE USO DE EQUIPAMENTOS E FLUTUADORES EM PISCINAS
= Brincadeiras em piscina só com supervisão confiável!
= Bóia de braço ou flutuadores não são equipamentos de segurança – use um colete salva-vidas!
= Evite brinquedos próximos à piscina, isto atrai as crianças.
= Não pratique hiperventilação para aumentar o fôlego sem supervisão confiável.
= Cuidado ao mergulhar em local raso (coloque um aviso).

 

Fonte: http://www.sobrasa.org/alianca-piscinasegura-alerta-o-mar-esta-para-peixe-mas-as-piscinas-nao-estao-para-as-sereias/

Daniela Vinhas Bertolini - CRM 85228

Compartilhar!

    No Comments Yet.

    Leave a comment

    You must be Logged in to post a comment.