A importância da vacinação infantil

A vacinação é uma das grandes conquistas da humanidade, sendo o meio mais seguro e eficaz de prevenir doenças infectocontagiosas.Sem dúvida , é uma das causas do aumento da estimativa de vida da população.

Cada pessoa vacinada acaba funcionando como um anteparo, uma barreira na propagação da doença. Deste modo, a vacinação não protege apenas aqueles que recebem a vacina, mas também ajuda a comunidade como um todo.

O Brasil possui um dos melhores programas de imunização do mundo, o PNI ( Programa Nacional de Imunização).

Apesar disso, pela primeira vez em muitos anos, o Brasil atingiu o índice mais baixo da meta de imunização para todas as vacinas indicadas a menores de 1 ano. Isso causa muita preocupação, pois essa tendência pode significar o risco de retorno de doenças erradicadas há décadas.

Para citar alguns exemplos,entre as vacinas que estão com redução na cobertura estão aquelas que protegem contra poliomielite, sarampo, rubéola, difteria , varicela , rotavírus e meningite.

Apenas no ano passado, ocorreram cerca de 18.000 casos de sarampo no país, sendo que em 2016 o país tinha recebido certificado de país livre do sarampo.

A pandemia de coronavírus só agravou a situação, pois muitos pais acabaram não levando ou postergando a ida aos postos de vacinação. Isso não deve ser feito. É muito importante, principalmente pelo quadro da pandemia, que as crianças estejam com a carteirinha de vacinação em dia.

Os bebês e crianças pequenas, assim como os idosos, são as faixas mais suscetíveis, e depende de nós elevar essas taxas de vacinação para não colocar a população em risco.

Nesse momento , em que todos sonham com a chegada da vacina para o coronavírus, é imprescindível que mantenhamos o foco e deixemos bem afastado o risco de doenças para as quais nós já temos vacina!

Dra. Cláudia G. F. Troccoli Menezes - CRM -SP-69769 - Gastropediatria e Nutrologia Pediátrica

Compartilhar!

    No Comments Yet.

    Leave a comment

    You must be Logged in to post a comment.