Fonoaudiologia

A fonoaudiologia

A Fonoaudiologia é uma Ciência que estuda os Distúrbios da Comunicação. É dividida em quatro grandes Áreas de atuação: Linguagem, Motricidade Oral, Voz e Audição.

​Na maioria são profissionais especializados, muito capacitados em atuar nestes distúrbios, podendo ajudar no diagnóstico e tratamento de pacientes de outras áreas da Saude como: dentistas, médicos otorrinolaringologistas, médicos neurologistas, médicos pediatras, geriatras, fisioterapeutas, psicólogos. Auxilia e ajuda muito na área da Educação também.

O objetivo da Fonoaudiologia é atuar na prevenção, reabilitação e tratamento dos Distúrbios da Comunicação, além também do aperfeiçoamento da Comunicação em geral.

​A Fonoaudiologia trata de diversos problemas associados a Comunicação, ou seja, trata das alterações, disfunções e distúrbios que podem ocorrer nas quatro àreas de atuação:

Na Linguagem: problemas de leitura e escrita e aprendizagem; afasia; gagueira; atraso de linguagem; problemas neurológicos como Sindromes, Deficiências, AVC (acidente vascular cerebral – “derrame cerebral”); problemas de Processamento Auditivo Central, Disturbios Articulatórios, entre outros;
Na Motricidade Oral: trata-se de problemas associados as funções estomatognáticas: Respiração (respirador bucal, ronco); Mastigação (problemas para adaptação de mastigação bilateral (consequente mordida cruzada), posicionamento de lingua, maus habitos, disfunção da ATM (articulação temporo-mandibular); Deglutição: mau posicionamento da língua ao engolir – deglutição atípica (interposição lingual nos dentes incisivos centrais superiores, podendo acarretar em mordida aberta anterior); Fala (disartrias, dislalias, fala pastosa em decorrência de alteração neurológica ou mesmo hipofuncionamento dos músculos da motricidade oro-facial ou órgãos fonoarticulatórios (língua, lábios, bochechas, palato mole, dentes);”); problemas de Processamento Auditivo Central, Disturbios Articulatórios, entre outros;
Na Voz: trata-se na prevenção, reabilitação e aperfeiçoamento da produção vocal, desde orientação quanto a postura, relaxamento cervical e escapular, projeção vocal, ressonância vocal, intensidade, pith vocal (grave ou agudo), respiração adequada, articulação, em indivíduos sem patologia laringea ou aqueles já com lesão: nódulos vocais, cistos vocais, fendas, entre outros. Pacientes na maioria que fazem grande uso da voz: professores, operadores de telemarketing, cantores, locutores, entre outros.
Na Audiologia: faz o diagnóstico e tratamento de qualquer alteração na audição, desde exames como: Audiometria, Impedanciomentria, Timpanometria, Processamento Auditivo Central, Otoneurologia (problemas no labirinto – tonturas, labirintites), Seleção e Adaptação de Aparelhos auditivos, entre outros.

Na minha clinica fonoaudiológica atuo como Clinica Geral, atendendo mais nas Àreas da Motricidade Oral (onde necessito de materiais como: espátulas e luvas descartáveis, espelho, elásticos ortodônticos, seringas de vários ml – sem agulha, bexigas, língua de sogra, canudos, estimulos como doces balas, granulados, confete de chocolate, e alimentos; Em Voz, além de utilizar alguns dos itens acima , utilizo também massageador; Em Linguagem oral e escrita, utilizo de materiais lúdicos como jogos e brinquedos: bonecas, carrinhos, lapis, lapis de cor, canetas, cola, tesoura, entre outros.